Comprar imóvel na planta

10.04.2015

Uma das formas de comprar um imóvel é quando ainda estiver na planta, isto é, antes da sua construção. Há vantagens e desvantagens se optar por essa opção de compra. O benefício é a facilidade de pagamento. Quando o imóvel está pronto, é necessária uma entrada de no mínimo 20% do valor total, já quando ainda está na planta é mais flexível, pode realizar a compra com parcelas que cabem no seu bolso durante toda a obra.

imovel-na-planta
Aqui vão, cinco dicas para realizar uma compra segura e que valha a pena.

1- Fazer pesquisas: É muito importante que, antes de fechar um negócio, procure conhecer seus direitos em relação a problemas como, possíveis atrasos na obra. É também preciso saber sobre a construtora, pode checar no Conselho Regional de Engenharia, no PROCON e até mesmo na Justiça, saber se já houve algum processo, os projetos que já realizaram, se eles têm todos os registros necessários e saber se a obra está regularizada, com alvará, na prefeitura.

pesquisa
2- Escolher bem o lugar: Na hora de escolher um lugar para comprar o imóvel, é primordial perceber se atende todas suas necessidades e se está bem localizado, assim quando visitar o estande de vendas, aproveite para conhecer o bairro.

3- Visitar o apartamento decorado: Como desvantagem, destaca-se o tempo de espera, pois a obra pode demorar de dois a três anos para terminar. Outro fator é o de não saber exatamente como é o imóvel que está comprando. Portanto, entenda a maquete e conheça o apartamento decorado que geralmente fica montado em estandes de venda.

4- Negociar meio de pagamento:
Como já falamos, a forma de pagamento de um imóvel na planta é mais flexível. Então, negocie na hora de fechar o negócio, a maior parte das construtoras é aberta a negociações, faça uma proposta que caiba no seu bolso, que seja de acordo com sua renda e com o quanto pode pagar de entrada.

negociacao
5- Ter os documentos essenciais: Quando for assinar o contrato, é preciso que tenha todos os documentos essenciais em mãos, como, carteira de identidade, CPF, certidão de nascimento, de casamento ou de emancipação, carteira de trabalho, comprovante de endereço e extrato do FGTS (caso o utilizem).

casa-propria

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades por e-mail
Receba novidades por email