Imóveis com preços ao menor nível este ano.

br_rm_urbanplains_brown_uph2-Urban-Plains-Brown-5-Pc-Queen-Upholstered-Bedroom
20.03.2017

Por mais difícil que seja predicar uma visão sobre o mercado imobiliário em 2017, especialistas concordam que, após a queda de 6,25% em 2016, o valor dos imóveis ficará estável.

Ainda este ano o valor dos imóveis deve chegar ao nível mais baixo e estabilizar por aí. Um aumento nos preços só virá com a recuperação da economia e queda da inflação; somado a isso, as construtoras já estão com os preços no limite aguardando por uma retomada da economia.

Disponibilidade de imóveis ainda é problema.

Ainda que algumas empresas tenham imóveis prontos e precisem de dinheiro, o que as levará a praticar preços mais baixos, existem menos empresas nessa posição, se comparadas aos últimos anos.

Até outubro do ano passado cerca de 38.000 unidades foram devolvidas (33% das que foram entregues até o período), o que aumenta o estoque de imóveis. No geral essas devoluções ocorrem por conta de fracasso ao se tentar um financiamento, já que as exigências ao se fechar um financiamento aumentaram devido ao desemprego e inadimplência.

O preço do imóvel continuará com desconto.

Por isso o momento certo para comprar um novo imóvel é agora, tanto para quem quer comprar um imóveis novos como quem quer um imóveis usados.

O proprietário de um imóvel não possui as mesmas condições de uma grande construtora para segurar um imóvel enquanto aguarda uma recuperação da economia brasileira, por isso a tendência é negociar os imóveis a um preço menor.

Em casos como este existe a opção de disponibilizar o imóvel para locação e nesse caso as notícias são ainda melhores. É possível encontrar descontos de até 50% em contratos de longa duração, os de 30 meses, o que é ótimo para o locatário, com isso o mercado de locações tende a ter uma leve alta com valores em média 10% mais baratos.

Para quem quiser comprar um imóvel agora e precise de financiamento, é preciso estar com a situação estável em seu emprego e com boa renda neste cenário atual.

Texto adaptado do site da revista exame.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades por e-mail
Receba novidades por email